Lesson

Características da Posição

A operação com Forex e CFD é um produto alavancado, ou seja, se os mercados se moverem contra as suas posições, as perdas serão multiplicadas pelo índice de alavancagem escolhido. Alguns traders optam por usar um índice de alavancagem alto, pois pode multiplicar os lucros quando os mercados se movem na direção em que colocaram a sua posição, mas também devem estar cientes que um índice de alavancagem mais alto também se traduz em perdas maiores. Quando se trata de operar, portanto, é crucial saber como usar as diferentes ferramentas à sua disposição.

Alavancagem
Ao comprar uma casa, geralmente é preciso dar uma entrada e financiar o restante. A quantia que financiou é chamada de alavancagem. O mesmo se aplica ao trading. Se deseja negociar com uma quantia maior do que aquela que possui, defina a alavancagem necessária. Em geral, a corretora oferece diferentes taxas de alavancagem, que vão de 1:50 a 1: 200. É importante lembrar que quanto maior a alavancagem, maiores serão as perdas ou lucros. Ao usar alavancagem, é importante entender que está essencialmente a aumentar o seu risco. Para evitar operar com uma alavancagem maior do que a que pode controlar como trader, a BDSTrading administra um teste de adequação. Caso não tenha conhecimento para usar a alavancagem de forma adequada, será limitado a um índice de alavancagem mais baixo. Mas, vamos ver como a alavancagem funciona…

Numa transação monetária, se a alavancagem for de 1:50, para cada Euro do seu dinheiro, está a pedir emprestado outros 49 Euros. Em suma, cada um dos seus Euros é multiplicado por 50. Assim, se abrir uma posição de € 1000, usando uma alavancagem de 1:50, precisa de pelo menos € 20 no saldo da sua conta. Estará a gastar os seus € 20 e a usar emprestado € 980.

Margem
Enquanto a alavancagem é a quantia emprestada, a margem é a quantia aplicada – o seu dinheiro. A margem é o valor que está a contribuir para uma determinada negociação e também é a quantia que pode perder se os mercados moverem-se contra si. Voltando ao nosso exemplo anterior em que investiu € 20, isto refere-se apenas à “margem inicial”. A margem também é o termo usado para a quantia de dinheiro que precisa manter na sua conta para sustentar uma posição; isto chama-se margem de manutenção. Isso significa que se incorrer numa perda superior a € 20, ainda pode manter a sua posição aberta, mas estará arriscando o resto da sua margem disponível, ou seja, o saldo da sua conta, caso os mercados continuem a mover-se contra si.

Se houve uma posição que ameace limpar a sua conta, chegará um ponto em que a posição será fechada automaticamente através da chamada de margem, e isso varia entre as corretoras. Se mesmo recebendo uma chamada de margem, ainda deseja manter sua posição aberta, o encerramento automático da sua posição pode ser evitado depositando mais fundos. Se estiver a usar o MT4, o valor que ainda pode negociar é geralmente denominado como “margem utilizável”, enquanto o valor do seu patrimônio que está a ser utilizado costuma ser denominado como“margem utilizada”.

Risco
O risco refere-se à quantidade de dinheiro que está a arriscar. Mas, como já explicamos, o risco na negociação de forex é influenciado pela alavancagem e margem. No forex, uma alavancagem alta pode multiplicar os seus lucros, mas também pode colocar todo o seu saldo em jogo. A gestão de risco é, portanto, muito importante e, como trader, precisa estar certo que está familiarizado com os riscos envolvidos na negociação de produtos alavancados, como Forex e CFDs.

Stop, Limite, Trailing Stop e Tolerância de Preço
Quando uma operação não corre bem, há apenas duas opções: aceitar a perda e liquidar a sua posição ou afundar junto com o navio. Portanto, um trader vigilante fornece sempre às suas posições de CFD um stop e um limite. Ao não dar este passo, corre o risco de permanecer numa posição perdedora por muito tempo na esperança de uma recuperação, ou de não capitalizar uma posição lucrativa a tempo.

É crucial lembrar de nunca deixar uma posição de CFD aberta sem supervisão! Caso não seja capaz de observar constantemente as suas posições abertas, é vital definir um stop e um nível limite. Isso irá protegê-lo de quaisquer surpresas que possam ocorrer.

Tem as seguintes opções:
Stop Loss – limite de perdas
Se deseja abrir ou editar uma negociação ou ordem, pode definir um Stop Loss (limite de perda). Isto protege-o de perdas maiores, pois fecha automaticamente a sua posição no próximo preço de mercado disponível quando atingir o nível limite. Um SL atua como um seguro contra perdas avultadas. Para funcionar corretamente, um stop deve ser colocado com base na seguinte pergunta: A que preço a sua opinião está errada?

Para responder a esta pergunta, deve levar em consideração a situação de cada operação. Existe muita volatilidade, por exemplo? É uma posição de compra ou venda? Há notícias importantes que poderão ter um grande efeito sobre os seus ativos brevemente? Qual é a percentagem máxima de mudança de preço além da qual acha que as perdas excederiam a sua tolerância ao risco? Mais importante ainda, se tiver várias negociações em execução, é importante considerar o risco geral que está a assumir com as suas ordens de SL. Na pior das hipóteses, se todas as suas ordens forem interrompidas, qual será a perda geral? Isto estaria de acordo com a sua estratégia de gestão de risco?

*Observe a diferença mínima de pontos aplicável ao fazer uma ordem Stop Loss.

Take Profit – garantia de lucros
Seguindo o mesmo princípio do nível de Stop Loss, também pode programar lucros automaticamente. Um nível de Take Profit (obtenção de lucro) pode protegê-lo de uma operação menos lucrativa ou até mesmo de uma operação com perdas.

*Observe a diferença mínima de pontos aplicável ao fazer uma ordem Take Profit.

Os exemplos e gráficos a seguir são apenas para fins ilustrativos e não devem ser considerados como aconselhamento comercial:

Exemplo
Abre um contrato padrão (compra) para o par de moedas EUR/USD. Como mostra o gráfico, dependendo do movimento do mercado, a posição será encerrada automaticamente se atingir o nível de Stop ou Limite.

Isso permite que tenha uma posição aberta sem exigir vigilância constante!

Trailing-Stop – siga tendências
Com um Trailing-Stop, pode beneficiar das tendências atuais. Uma reversão da tendência irá, com base em critérios predefinidos, levar a um encerramento automático da sua posição. Primeiro determina um nível de encerramento e, em seguida, com a ajuda de uma especificação de pontos (em termos de décimos de pips), define como o seu nível de encerramento se deve modificar.

Exemplo
Abre um contrato padrão (venda) para o par de moedas EUR/USD ao preço de US$ 1,08486 com um Stop Loss de US$ 1,08986 e com um Trailing-Stop de 50 pontos. O preço cai 50 pontos, o que faz com que seu novo stop seja definido em US$ 1,08486. Enquanto a tendência continuar neste ritmo, o seu nível de Stop Loss será atualizado continuamente. Um aumento repentino no EUR/USD fará com que sua posição seja encerrada automaticamente.

Tolerância de preço
Ao colocar uma operação direta no mercado, a volatilidade pode causar uma mudança no preço inicial entre a colocação e a execução da operação. O preço de negociação registado pode ser prejudicial à sua estratégia de negociação. Para evitar esta situação, existe a Tolerância de Preço. Com a Tolerância de Preço define, em termos de pontos, o desvio máximo entre o preço de compra/venda atual que estaria disposto a aceitar.

Exemplo
O preço de compra/venda de EUR/USD está a ser negociado atualmente a US$ 1,08501/1,08517. Deseja desistir de uma posição de compra e está disposto a aceitar um desvio máximo de preço de 5 pontos. A sua negociação só será aberta se o preço pedido estiver abaixo de $ 1,08522, caso contrário, a negociação será rejeitada pelo sistema.